quinta-feira, 31 de janeiro de 2008

QUIABO COM MILHO



Quando se fala em quiabo, muita gente torce o nariz e faz cara feia, devido a "baba" que este vegetal libera quando cozido. Mas, esta planta pode virar um prato delicioso e super nutritivo se você souber truques que eliminem a baba, ou se você gosta dela, lembre-se que este líquido vistoso é uma forma excelente de espessar sopas e ensopados.


UM POUCO DE HISTÓRIA
O quiabo acredita-se foi trazido com os negros quando estes eram trazidos em navios negreiros ou com os navios dos portugueses que vieram a conhecer a planta em suas explorações pela África. Para mim, a história dos negros no Brasil e as suas adaptações a vida nova no Novo continente que de certa forma influenciaram a construção de nossa cultura, merece toda honra, atenção e valor. Os navios negreiros cruzaram mais de 300anos o Atlântico, desde a costa oeste da África até a costa nordeste do Brasil, quase 4 milhões de negros fizeram uma viagem sem volta e destes 3 milhões faleceram, nas viagens. E os que aqui ficavam, tinham uma perspectiva de vida de no máximo 7 anos. Adaptavam-se ao ambiente e ainda assim, conseguiram criar pratos deliciosos, como feijoada (origem controversa), vatapá, bobó de camarão, cozidos com fubá e outros ingredientes brasileiros. Os escravos trouxeram da áfrica o quiabo, inhame, erva-doce, gengibre, açafrão, gergelim, amendoim africano, melancia e outras variedades de coco e banana.

DICAS PARA A SAÚDE:
A vitamina C contida no quiabo não é aproveitada pelo organismo porque se perde no cozimento. No entanto, essa hortaliça é rica em vitamina A, boa para a pele, mucosas em geral e para a vista. Por conter vitaminas que fazem parte do Complexo B, o quiabo ajuda no processo de crescimento. E seus sais minerais, como Cálcio, Fósforo, Ferro e Cobre ajudam na formação dos ossos, dentes, sangue, além de fornecerem energia para o corpo todo.

DICAS DOMÉSTICAS:
Na hora de comprar o quiabo, procure escolher os tenros, bem cheios e firmes. Quando ele está bom para consumo, sua ponta se quebra com facilidade e sua cor é verde-clara.
O quiabo tem uma goma viscosa, pouco apreciada. Para evitar que ela se desprenda, recomenda-se pingar algumas gotas de limão ou vinagre enquanto estiver cozinhando.
Safra vai de janeiro a maio.
Bom amigos aproveitem a receita simples e rápida de fazer, boa com arroz, feijão e um bifinho bem acebolado!


QUIABO COM MILHO

2 xícaras (chá) de quiabo; suco de 1/2 limão; 2 colheres (sopa) de manteiga; 1 colher (sopa) de cebola picada; 250 g de milho verde; 4 colheres (sopa) de polpa de tomate; sal e pimenta.Corte os quiabos em rodelas e deixe descansar numa vasilha com o suco de limão. Coloque numa panela a manteiga, acrescente a cebola e deixe dourar. Junte o quiabo, o milho verde e refogue um pouco. Acrescente a polpa de tomate, mexa, tempere com sal e pimenta, se quiser, e deixe no fogo até que os ingredientes estejam cozidos. Se for necessário, coloque um pouco de água.

Um comentário:

iliane disse...

olha..para mim..quiabo é tudo de bom..já falei isso no meu blog..com baba..sem baba..não importa..aqui em casa toda semana tem quiabo a mesa e amamos...numca tinha visto essa mistura com milho!!!achei otima!bjus

Blog Widget by LinkWithin