quarta-feira, 28 de maio de 2008

SOPA CREME DE CENOURA DA MINHA MÃE

A correria foi grande esta semana e vai continuar pelo menos até as férias de julho, mas com certeza tentarei postar com mais freqüência e não deixar que as urgências e obrigações diárias da vida atrapalhem um dos meus hobbys preferidos postar as receitas, escrever e visitar outras cozinhas. Afinal, a vida não teria graça se fosse feita só de obrigações, realizar o que gostamos nos impulsiona e nos dá força para enfrentar com ânimo e criatividade as questões e dilemas diários que a vida nos propõe!!!

A receita de hoje é muito simples, mas ela é uma das sopas creme que mais gosto, pois é feita com carinho por minha mãe que me ensinou esta receita toda vitoriosa quando conseguiu fazê-la. Para vocês entenderem melhor a história da sopa, conto-lhes que há 20 anos meus pais se separaram como a maioria já sabe, meu pai é um excelente cozinheiro, aprendeu a cozinhar no Maranhão em São Luís quando adolescente e em casa sempre cozinhou, não deixava minha mãe aprender nada, ela só comia as delícias caseiras que ele até hoje faz!

Então, eu com 10 anos e minha mãe sem saber cozinhar nada, nem ovo e arroz, comíamos arroz da marmita vendida na padaria do lado de casa, ovo “mexidos” e tentativas de ovos fritos e muito miojo!!!!! Um dia fiquei muito doente e minha querida mãe fez questão de me fazer uma sopinha e a dedicação e amor foram tantos, que ela tentou 3 vezes cozinhar esta sopa e na quarta tentativa saiu conforme a receita. Lembro-me que a sensação de vitória e o carinho que chegaram com esta sopa fizeram dela a minha sopa creme de cenoura preferida!!!


SOPA CREME DE CENOURA DA MINHA MÃE

Ingredientes

6 cenouras pequenas ou 3 médias
3 batatas garndes
1 tablete ou saquinho de caldo de galinha por 500 ml de água
2 colheres(sopa) de Óleo de Canola ou Azeite
2 dentes de Alho (pequenos)
1 copo de 200ml de requeijão ou 1 caixinha de creme de leite(gosto mais com requeijão!)
Salsinha a gosto
Sal a gosto

Modo de Preparo
1- Cozinhar a cenoura picada em rodelas juntamente com a batata picadinha e o caldo de galinha até ficarem macias
2- Bater bem a cenoura e a batata no liquidificador
3- Aquecer o azeite ou óleo em uma panela média funda, fritar o alho, mas não deixar dourar demais, acrescentar a pasta do liquidificador, deixar começar a ferver (vai borbulhar). Desligue o fogo
4- Acrescente o requeijão e jogue a salsinha picada por cima. Bom Apetite!
Obs: esta sopa fica ainda mais saborosa se preparada com os legumes, alho e requeijão orgânicos.


A cenoura é uma grande fonte de vitamina A, cujas necessidades diárias podem ser quase que totalmente supridas com apenas 100 gramas desse legume.
Essa vitamina contribui para o bom estado da vista, da pele e das mucosas. Além disso, a cenoura contém muitos sais minerais, como Fósforo, Cloro, Potássio, Cálcio e Sódio, necessários ao bom equilíbrio do organismo, e vitaminas do Complexo B, que ajudam a regular o sistema nervoso e a função do aparelho digestivo.


Crua, ralada e bem lavada, a cenoura limpa os dentes e desenvolve os músculos mastigadores; seu suco ou caldo concentrado de seu cozimento adicionado ao mel ou suco de limão é ótimo para curar bronquite; é indispensável para gestantes e lactantes, pois melhora e aumenta o volume sanguíneo que, conseqüentemente, aumenta e melhora a produção do leite.

A cenoura funciona como laxante, sendo que seu suco combate a prisão de ventre, favorece o bom funcionamento do fígado, purifica a bile, ajuda na cura da icterícia, além de ser um bom remédio para as enfermidades dos brônquios e pulmões.

A cenoura é um dos legumes que se conserva por longo tempo, e seu sabor, levemente adocicado, combina com inúmeros outros alimentos, podendo ser preparada sob forma de sopas, saladas, cremes, suflês ou doces. Por ser tão nutritiva recomenda-se que seja ingerida pelo menos três vezes por semana.
Para compra deve-se escolher cenouras lisas, firmes, sem irregularidades ou rugas e cor uniforme (manchas verdes dão sabor forte e desagradável). A cenoura quando conservada em geladeira pode permanecer em boas condições por 1 a 2 semanas e seu período de safra é de julho a janeiro.


Cenoura: google images/texto: vitaminas e cia

20 comentários:

monica disse...

Uma bela história e uma bela sopa.Deve ser uma delícia. Beijinhos

Laurinha disse...

Sendo que o ingrediente especial é o carinho!

Beijinhos,

Carol disse...

Huumm, nunca tomei sopa de cenoura assim. Será que vou gostar?? Beijão

Bela disse...

Hummmm...
Que rica sopa rica.
Bjinhos da BEla

laila disse...

q textura linda!!!

Vivian disse...

hum, se é da mamãe nem precisa de muitas explicações rs. Mas guria, eu me cuido, pq o Iri cozinha muito melhor que eu aqui em casa, e pra não ficar pra trás, comecei a pesquisar receitas e testá-las e o resultado foi meu blog rs
boa semana
bjos

Axly disse...

Olá Mel,
Que linda essa história, coisas assim nos marcam pro resto da vida né? Tanto carinho e amor...
Além do que, fica essa receita deliciosa! Amei...
Kisss^^

Luciana Macêdo disse...

Sopa com história para estes dias mais frios...ótima sugestão.
Bjs!

Nana disse...

Mel, adorei a história de conquista da sua mãe!!
Essas lembranças você nunca saira da sua mente.
Comidinha de mãe é especial.
bjs

Fabrícia disse...

Mel que bela sopa.....linda cor.
Bjs.

Filipa disse...

Mel, essa sopa está com uma côr e textura fabulosas! E que delícia de história...

Beijinhos

pipoka disse...

Mel,

Essa sopinha está mesmo com um ar cremoso, tal como eu gosto!

bjs

Ana disse...

Oi Mel:
Receitas assim, simples mas com memórias são essenciais em nossas vidas.

Um beijo pra você.

goles & nacos disse...

pareceu-me bastante saborosa!
e ainda vou testar um dia.... com requeijão!
=)

Luciana disse...

Mel, eu adoro sopinhas assim, fiquei imaginando o quanto tua mãe deve ter ficado feliz quando acertou...
Bjos, Lú.

Flavinha disse...

Que linda história esta de determinação, carinho, amor e dedicação da sua mãe para fazer a sopa! Fiquei arrepiada de emoção ao ler!
E que sopa tão linda, deliciosamente cremosa! Que cor linda! Vou tentar fazer com certeza!
Beijos

Cláudia disse...

Mel, que linda sua história, e mãe é mãe, se desdobra sempre além do carinho e perseverança, ela deu uma boa vitaminada em você para lhe ver com saúde. Linda a sopa e a cor é maravilhosa.

bjs

Rose disse...

Sopa já lembra carinho de mãe e a sua tá cheia desse ingrediente...deu vontade de tomá-la...
beijinhos.

Magia na Cozinha disse...

Gostei muito da história e da receita. Acho que só não colocaria o alho.
Vou experimentar com certeza. Há tempos venho procurando uma boa receita de sopa.
Infelizmente aqui não tem requeijão, mas tem creme de leite.
Beijocas :)

Marcia disse...

Carinho de mãe é tudo de bom... Adoro as informações que vc publica sobre os alimentos. A sopa deve ser muito boa! Bj

Blog Widget by LinkWithin